Hospital Universitário Federal de Tocantins recebe R$ 2,3 milhões da Saúde

Um repasse de R$ 2,3 milhões vindos do Ministério da Saúde foi destinado a reforçar o Hospital de Doenças Tropicais de Araguaína, hospital vinculado à Universidade Federal do Tocantins. O hospital no estado do Tocantins agrega esse repasse no intuito de fortalecer o atendimento aos pacientes da região que são atendidos pelo SUS – Sistema Único de Saúde. Do total deste valor, R$ 1,74 milhão serão para custear o atendimento e R$ 600 mil para a realização de reformas no hospital.

O programa REHUF – “Programa Nacional de Reestruturação dos Hospitais Universitários Federais” – garante o investimento nos Hospitais Federais Universitários em todo o país com um total já liberado pela pasta de R$ 220,85 milhões, beneficiando 48 Hospitais Universitários Federais de 22 estados no país, incluindo o DF – Distrito Federal. O objetivo do Ministério da Saúde mediante a esses repasses, é poder proporcionar melhores condições de atendimento e de ensino, com a aquisição de novos equipamentos para os hospitais, e melhorar a infraestrutura das instalações.

O ministro Ricardo Barros, do Ministério da Saúde, afirmou que há um grande interesse em restabelecer a estruturação dos hospitais que auxiliarão no atendimento do SUS. Barros ainda alegou que ao todo, são mais de 40 hospitais no Brasil que configuram uma estrutura considerada grande para atender a demanda da população.

A publicação oficial deste repasse foi divulgada no DOU – Diário Oficial da União no dia 23 de outubro de 2017. As portarias que autorizam os repasses destinado a esses hospitais são: Nº2766/2017 e Nº2767/2017. Esses valores foram aprovados em leis orçamentárias e destinados às instituições universitárias em parcelas únicas. Os pagamentos são realizados diretamente pelo “Fundo Nacional de Saúde” após a aprovação do repasse pelo Ministério da Saúde, que monitora o cumprimento das metas das instituições universitárias, a capacidade de gestão e o desenvolvimento da qualidade do ensino interligados ao SUS.

Desde de 2010, o REHUF com a parceria do Ministério da Saúde e com a participação de EBSERH – Empresa Brasileiras de Serviços Hospitalares, vem investindo recursos que já atingem a casa dos R$ 3,06 bilhões para a reestruturação dos hospitais universitários, onde R$ 189 milhões foram feitos em 2017, e no ano passado, foram investidos R$ 380 milhões.